Dieta da Lua – Guia Completo

Home » Dieta da Lua – Guia Completo

Dieta da Lua para emagrecer parte do princípio da astrologia, que assim como ocorre nas marés, a mudança de fase da lua pode influenciar, também, os líquidos que circulam pelo nosso corpo. Portanto, a dieta da lua está baseada na ingestão apenas de líquidos com baixo teor de calorias, por 24h, nos dias de mudanças das fases, que significam, quatro vezes por mês, de acordo com o calendário lunar.

O bom da dieta da lua é que só existem restrições durante um dia por semana. Nestes dias, todo alimento sólido é proibido e a pessoa deve consumir sopas batidas, beber muita água, chás e cafés, sempre sem açúcar, e iogurtes.

Muitos seguidores da dieta da lua afirmam ter emagrecido, seguindo o calendário lunar, mas a maioria dos nutricionistas não apoia a dieta da lua e não existem estudos científicos que comprovem as teorias. É um antigo programa de emagrecimento com características populares e apesar de não ter embasamento científico, é muitíssimo utilizado.

Como fazer a Dieta da Lua

Fazer a dieta da lua é muito fácil. Nos dias de mudança da lua, é preciso tomar sopas de legumes ou verduras, chás, cafés e muita água.

Lua Dieta

  • Café da manhã: tomar um suco ou vitamina de frutas naturais e sem açúcar, chá com adoçante e café com leite desnatado;
  • Após duas horas: repetir a dose, mas com outro tipo de fruta;
  • Almoço: Tome uma sopa batida no liquidificador. Nessa sopa você pode acrescentar vegetais como o espinafre e o repolho e legumes como a cenoura, abobora, chuchu e a cebola. Evite adicionar tubérculos como a batata. Além disso, para melhorar o sabor, você pode adicionar um tablete de caldo de frango ou carne;
  • Depois de 2 horas do almoço você deverá tomar um suco de qualquer fruta que tenha bastante fibra como, por exemplo, a maçã, o abacaxi ou até mesmo a laranja, acrescentado de um tipo de verdura como a couve ou o espinafre que também são ricos em fibras e de uma hortaliça como, por exemplo o aipo;
  • Em intervalos de duas horas: repete-se o copo de suco de fruta de sua preferência;
  • Jantar: outro prato de sopa batida, como no almoço;
  • Para finalizar o dia: mais um copo de suco de fruta.

Nos intervalos é livre o consumo de chás sem açúcar. Diariamente a ingestão de água não deve ser inferior a oito copos, de 250 ml cada.

As fases da Lua

  • Lua Nova: melhor fase para iniciar a dieta da lua, pois favorece o controle da gula;
  • Lua Crescente: deve-se controlar ao máximo a alimentação, pois nessa fase a tendência é engordar;
  • Lua Minguante: a compulsão alimentar diminui e fica mais fácil eliminar líquidos retidos;
  • Lua Cheia: fase que exige muito cuidado com o que se come, pois nela é mais fácil adquirir novamente líquidos retidos.
As fases da Dieta da Lua

Dieta da Lua e promessa de Emagrecimento

Com as restrições do dia de mudança da lua, pode se perder até 1 kg por semana com a dieta da lua, ou seja, 4 kg em um mês, desde que nos dias fora da dieta, haja uma reeducação alimentar balanceada, evitando o consumo de doces, alimentos fritos ou com molhos e refrigerantes, sempre controlando as calorias com quantidades moderadas. Caso contrário, o peso pode ser recuperado.

Lembre-se que, mesmo a dieta da lua trazendo ótimos resultados, sempre é conveniente fazer exercícios físicos para evitar a flacidez, que pode surgir após qualquer regime.

Contraindicação da Dieta da Lua

A dieta da lua é recomendada apenas a quem está em plenas condições de saúde. Ela não deve ultrapassar um dia por semana e deve-se evitar fazê-la por longos períodos, pois pode ocasionar alguma deficiência ao organismo.

No dia seguinte ao da mudança de lua, a pessoa pode acordar fraca, por falta de nutrientes como proteínas, carboidratos e gorduras. A falta contínua de um ou mais alimentos específicos (carne, arroz, feijão, batata, pão, queijo, leite, ovo) pode causar anemia, mau-humor e fraqueza.

Você já fez a dieta da lua? Conte para nós como foi!

About Você com Saúde